quarta-feira, 25 de abril de 2012

PT Palmares divulga carta aberta





O Partido dos Trabalhadores - PT, Diretório Municipal dos Palmares divulgou nota pública informando a população seu posicionamento político. 

Na nota, os dirigentes do Partido reunidos no último domingo, dia 22 de abril, ressaltam a importância de repetir na cidade as alianças que sustentam os governos Federal e Estadual, propondo discutir a conjuntura local e a somar-se ao esforço de construir a Frente Popular em Palmares. Seguindo essa linha, o partido deve manter reuniões com filiados e diretores durante as próximas semanas.

Faz parte do calendario nacional do PT a realização de varias reuniões, inclusive encontros com o quadro geral de filiados. A carta a população dá sinais da tese a ser apresentada quando da realização do Encontro de Definição de Tática Eleitoral que deve ocorrer ainda esse final de mês.
 
VEJA INTEGRA DA NOTA:


  
NOTA PÚBLICA:
  
O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores - PT, reunido no dia 22 de Abril de 2012, para avaliação da conjuntura e das relações políticas hoje estabelecidas no município, comunica a população o seguinte:

Após um debate profícuo, consideramos fundamental a necessidade de retomar o pacto político que garante sustentação aos Governos Estadual e Federal com ênfase no desenvolvimento local, tendo como meta colocar a luta pela democratização do espaço público na agenda política municipal, fortalecendo os meios para criar as condições políticas necessárias no sentido da cidade entrar no rumo do desenvolvimento sustentável. Assim, o Partido dos Trabalhadores apresenta-se para somar a outros importantes esforços na direção de reconstruir a Frente Popular em Palmares.

O PT propõe discutir, para os próximos mandatos do Executivo e do Legislativo, os grandes problemas de infraestrutura urbana, desemprego, moradia, geração de trabalho e renda, seguindo e executando o conjunto de políticas públicas do Governo Federal e Estadual no Município.

Convocamos nossos filiados e simpatizantes para entrar nesta corrente e com a luta e o espírito do Partido que muda o Brasil construir uma Palmares cada vez melhor para todos e todas.


Palmares, 22 de abril de 2012


PT - Diretório Municipal dos Palmares
Joel Clemente de Oliveira
- Presidente-


terça-feira, 24 de abril de 2012

O PT Palmares divulga nota em apoio ao IFPE

Nota de Apoio do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores PT Palmares



A possibilidade concreta do município de Palmares perder o IFPE – Instituto Federal de Pernambuco – em virtude da viabilidade de um terreno com condições técnicas para sua edificação, além de constituir um grave descompasso com a agenda de expansão e interiorização do ensino tecnológico e universitário, acanha e apequena a cidade, destrói os projetos e sonhos de sua juventude. O PT encaminhará à Presidência da República documento na intenção de que os governos Federal e Estadual definam, conjuntamente com o Município e suas autoridades públicas, terreno apropriado para receber o Instituto, garantindo que a juventude de Palmares tenha tal direito. O IFPE foi anunciado nas enchentes de 2010, quando da visita do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Portanto, que sejam vistos novos prazos e nova agenda para construção do IFPE no município, garantindo-se, inclusive, que não se misturem as agendas públicas com as questões eleitorais. Assim, o PT de Palmares se engaja na luta pelo Instituto e se coloca solidário com as manifestações da sociedade e da juventude local.


Palmares, 22 de abril de 2011.


Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores – PT – Palmares.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Pesquisa Datafolha: um roteiro para a própria mídia se olhar no espelho

 A mídia devia transformar em bíblia, no objeto de sua mais profunda reflexão no momento, a pesquisa Datafolha divulgada neste fim de semana (domingo). O levantamento indica que sobem continuamente o otimismo dos brasileiros em relação à economia e o apoio e aprovação populares que dão à presidenta Dilma Rousseff.

O levantamento, aliás, mostra mais um recorde batido pelo governo da presidenta: ele tem a aprovação de 64% da população, a mais alta taxa de apoio e aprovação populares obtida por um presidente com 15 meses de mandato na história da República. Só 5% da população consideram seu governo ruim ou péssimo.

E mais: a chefe do governo se elegeu dia 31 de outubro de 2010, no 2º turno, com 56,05 dos votos, contra os 43,95% obtidos pelo adversários tucano José Serra. Pois bem, se o 2º turno fosse agora ela simplesmente teria 69% contra 21% da candidatura serrista.

Brasileiros querem a continuidade do PT no Planalto depois de 2014


É por isso que insisto: a pesquisa devia e precisa se converter em um roteiro para a própria mídia se olhar no espelho. O Brasil que ela - toda, não só a Folha - retrata em suas páginas e noticiários não existe para a maioria do país, para a nação e o povo otimistas com o futuro, esperançosos com os dias que vivemos.

Os brasileiros, deixa claro a pesquisa, apoiam tanto a presidenta Dilma quanto o ex-presidente Lula, como atestam os itens em que eles são perguntados sobre a próxima eleição presidencial. Em outras palavras, o que a população quis dizer é que quer a continuidade da gestão petista depois de 2014. Chega a 89% o percentual dos que querem que o PT fique no Palácio do Planalto - 32% com a presidenta Dilma e 57% com o ex-presidente Lula, apesar da campanha diária e permanente da mídia contra este e seu partido, o PT.

A mídia só tem a perder nos próximos anos. Mas, mesmo assim, pelo andar da carruagem, não quer ver. Continua solidária com praticas jornalísticas de determinadas publicações e veículos, dentre estas, Veja à frente. Se bem que a revista há muito deixou de fazer jornalismo transformando-se em mera transmissora de mensagens panfletárias da extrema direita.

Não condenam jornalismo feito de braços dados com o ilícito


Continua, na medida em que não dá uma palavra a respeito - nem fala, nem publica - recusa-se a condenar o jornalismo de braços dados com o ilícito na busca de noticias. Exemplo mais clamoroso disso é ela se negar a noticiar os fatos que se passaram na busca de informações não apenas para atingir ministros e políticos mas, o mais grave, para proteger determinados negócios escusos e ilegais, cujo nome verdadeiro é corrupção.

Mas, os veículos da mídia, em grande parte - eu diria em sua maioria - querem a impunidade para os aliados ainda que concorrentes, mas negam a justiça para os adversários.

 Adicionado do Blog do Zé: Pesquisa Datafolha: um roteiro para a própria mídia se olhar no espelho

Juventude do PT convoca VI Seminário da Juventude Negra 13


A sexta edição do Seminário da Juventude Negra 13 acontecerá em Salvador nos dias 10, 11 e 12 de Maio.


A Juventude Negra do PT realizou no decurso do processo de consolidação três grandes seminários. O IV Seminário Nacional em 2008 no Cajamar veio com a consolidação da JN13 e teve como principal pauta formação política e definição deste espaço de organização da Juventude Negra do Partido dos Trabalhadores. Em 2009, foi realizado o V Seminário Nacional, em duas etapas, sendo a primeira o Seminário Brasil – França, em parceria com as Fundações Perseu Abramo e Jean Jaurès (francesa), onde contou com uma delegação francesa. A segunda etapa aconteceu em Guarulhos dedicada a Juventude Negra do PT e ao debate do Partido dos Trabalhadores sobre a ótica partidária e sua interação com o Movimento Negro. Além disso, o grupo discutiu o papel da juventude negra e qual sua relação com os espaços de poder e com a sociedade. 
Agora se faz mais que necessário a realização do VI Seminário Nacional de Juventude Negra do PT, dando continuidade ao ciclo de fortalecimento e formação política da JN13, ampliando a influência para dentro do PT e uma maior participação desta juventude na pauta do Movimento Negro.
A nossa missão é dar continuidade ao ciclo de encontros da JN13, realizando o VI Seminário Nacional de Juventude Negra do PT, fortalecendo e organizando a intervenção da JN13 para dentro e para fora do Partido dos Trabalhadores, incidindo de forma articulada e qualificada nas decisões políticas de combate ao racismo e na promoção de políticas de igualdade racial.
Os nossos principais objetivos são: Avaliar os encaminhamentos das demandas e resoluções da JN13 nos últimos 4 anos;
Realizar Formação Política sobre o PT, a Juventude Negra e a Questão Racial;
Realizar Planejamento e definir agenda para o próximo período;
Definir política de organização e organicidade da JN13, junto a pasta de Ações Afirmativas da JPT.
Mobilizar jovens negras e negros de 16 a 29 anos, filiados ao PT, de todas as Regiões do Brasil.
Desta forma a Secretaria Nacional de Juventude do Partido dos Trabalhadores esta convocando o VI Seminário da Juventude Negra 13, esta edição acontecerá na Bahia nos dias 10, 11 e 12 de Maio.
As inscrições poderão ser feitas até o dia 25 de Abril preenchendo o formulário abaixo e enviando para o email: juventude@pt.org.br. As inscrições são limitadas e serão avaliadas pela Comissão Organizadora.